• VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENVIAR
  • A+ A-
Subestação de Furnas passa por diagnóstico por meio de medição de Descargas Parciais

Notícias

Subestação de Furnas passa por diagnóstico por meio de medição de Descargas Parciais

18-05-2017

A Subestação de Energia Elétrica (SE) Tijuco Preto, pertencente a Furnas Centrais Elétricas, passou, no final de março, por avaliação e medição, realizadas pelo Cepel em parceria com o Centro de Tecnologia (CTE) de Furnas. A SE é uma das maiores do Brasil, com potência instalada de aproximadamente 10.950 MVA e também uma das mais importantes do sistema elétrico nacional, pois recebe energia oriunda da Usina Hidrelétrica de Itaipu.


De acordo com o pesquisador do Departamento de Linhas e Estações (DLE) Hélio Amorim, gerente do projeto IMA-DP, sistema desenvolvido pelo Cepel e utilizado para realizar as medições de descargas parciais na SE, o foco da atividade foi avaliar os Transformadores de Corrente (TCs) das classes de tensão 765 kV, 550 kV e 345 kV existentes na SE.


No total, foram avaliados 141 TCs, sendo 90 unidades de 345 kV, 18 de 550 kV e 33 de 765 kV. A escolha dos equipamentos avaliados baseou-se no ano de fabricação, sendo submetidos ao diagnóstico aqueles com data de fabricação anterior a 2000.


“O principal objetivo das medições realizadas é intervir para que os equipamentos que apresentem algum tipo de anomalia sejam substituídos antes que o risco de falha aumente”, explica Amorim. "Lidar com sinistro de equipamentos elétricos de alta tensão é muito traumático, e quando envolve explosão, podem ocorrer danos a outros equipamentos próximos, bem como provocar ferimentos em integrantes das equipes técnicas presentes no local ", complementa o pesquisador.


Segundo o especialista, com os resultados obtidos, Furnas será capaz de priorizar a substituição de equipamentos que apresentem anomalias.


Também participaram das medições, pelo Cepel, o pesquisador Thiago Rodrigues, e o técnico João Borges, ambos do DLE.