• VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENVIAR
  • A+ A-
Primeira do Brasil, Casa Solar Eficiente do Cepel completa 20 anos

Notícias

Primeira do Brasil, Casa Solar Eficiente do Cepel completa 20 anos

22-09-2017

Primeira edificação construída no Brasil para demonstrar a tecnologia de energia solar fotovoltaica, a Casa Solar Eficiente do Cepel completou, em 2017, 20 anos de operação. Inaugurada em 29 de julho de 1997, já foi visitada por mais de 19 mil pessoas vindas de diferentes regiões do Brasil e de países como Estados Unidos, Holanda, Alemanha, Japão, África do Sul, México e Portugal, entre outros.


Cursos também são frequentemente oferecidos e, só em 2016, cerca de 60 profissionais receberam treinamento no espaço. De fato, o Cepel, ao longo desses anos, vem treinando e capacitando novos profissionais nas tecnologias de energia solar, tendo a Casa Solar se tornado uma referência na área.


Atuando na Casa Solar desde a sua criação, o pesquisador Ricardo Dutra fala sobre a experiência de receber os visitantes. “É uma grande satisfação fazer as palestras, ter contato com o público externo e compartilhar o que desenvolvemos no Cepel”, conta ele, que trabalha no local junto da pesquisadora Patrícia de Castro da Silva, ambos do Departamento de Materiais, Eficiência Energética e Geração Complementar (DME).


Ele lembra que o discurso dos instrutores evoluiu junto com o desenvolvimento da tecnologia no Brasil. “O conteúdo das palestras que fazemos mudou muito de 1997 até hoje. A tecnologia solar fotovoltaica é importante para o país, e agora está cada vez mais ao alcance do público. Hoje posso colocar a mesma tecnologia de geração utilizada na Casa Solar num telhado residencial e passar a injetar energia elétrica na rede. Ao final de um mês, a diferença entre a energia gerada e a energia consumida no período pode acarretar redução na conta de energia. Isso, há 20 anos, era praticamente impossível.”, explica o pesquisador.


Diferencial que inspira


Criada com o objetivo de divulgar a tecnologia de geração solar, a Casa Solar Eficiente do Cepel se tornou modelo para outras iniciativas de mesma natureza. Em 2009, o Centro celebrou um convênio com o Senai a fim de colaborar com a construção de quatro centros de demonstração em energias renováveis. Foram duas casas solares, uma em Taguatinga (Distrito Federal) e uma em São Luís do Maranhão, além da adaptação de um furgão e de um barco-escola (Samauma), que percorre o rio Amazonas, dotado de um sistema solar fotovoltaico.


Dutra explica que o Cepel ainda auxiliou outras instituições. “Novas casas surgiram. Ajudamos na concepção do projeto de algumas delas. Esse foi o caso da iniciativa de professores de Campina Grande (PB). Eles conheceram o Cepel, visitaram as instalações da Casa Solar e levaram a ideia para aplicar na região”.


Além de inspirar profissionais de diferentes perfis, o pesquisador afirma a importância da Casa Solar para os futuros engenheiros e arquitetos. “Temos tido, ao longo dos anos, uma grande demanda por visitas de estudantes e professores à Casa Solar. Eles entendem que é uma tecnologia importante e que já faz parte do dia a dia das pessoas. Por isso, ter um local em que se pode conhecer de perto diferentes modelos de módulos fotovoltaicos, sua utilização e operação é muito mais efetivo para difusão da tecnologia. Usamos o momento da palestra para estimular um bate-papo descontraído sobre a tecnologia, suas aplicações e perspectivas para o Brasil”, comenta.