• VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENVIAR
  • A+ A-
Curso promovido pelo Cepel capacita profissionais para atuarem em projetos de geração eólica

Notícias

Curso promovido pelo Cepel capacita profissionais para atuarem em projetos de geração eólica

11-11-2016

O Cepel realizou mais uma edição do Curso Básico de Energia Eólica entre os dias 18 e 21 de outubro, desta vez por solicitação de Furnas. Como nas vezes anteriores, o objetivo do treinamento foi apresentar os conceitos básicos para avaliação e administração de projetos de energia eólica. Participaram também representantes da Eletrobras, do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Estudos Espaciais (Cpetec/Inpe) e do próprio Cepel. As aulas ocorreram na Unidade Fundão do Centro.

 

Como afirma a pesquisadora Vanessa Guedes, do Departamento de Tecnologias Especiais (DTE) do Cepel, o curso, em sua 9ª edição, é sempre requisitado pelas empresas Eletrobras e tem sido um grande motivador para a equipe de eólica do Centro. Além de Vanessa Guedes, ministraram o conteúdo os pesquisadores Ricardo Marques Dutra, Sérgio Roberto Ferreira Cordeiro de Melo, ambos do DTE, e Fabricio Lucas Lirio, do Departamento de Redes Elétricas (DRE). A atividade contou com a colaboração do engenheiro mecânico Angelo Alberto Mustto Cabrera, da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio).

 

“Assuntos relacionados à energia renovável atraem bastante interesse, principalmente as aplicações de energia eólica, que apresentam um grande potencial de crescimento no Sistema Elétrico Brasileiro. Neste contexto, [...] o curso abordou todos os aspectos relacionados ao aproveitamento do potencial eólico", destaca o pesquisador Fabricio Lirio. Ele também menciona um diferencial: "[...] Tivemos um maior detalhamento dos estudos elétricos e ferramentas computacionais envolvidas na conexão dos aerogeradores eólicos à rede elétrica".

 

Na opinião de Wanessa Mattos, da Divisão de Planejamento de Comercialização da Eletrobras, o curso possibilitou aos participantes o entendimento de fatores críticos para o sucesso na geração de energia elétrica a partir da fonte eólica. “A compreensão dos princípios básicos [deste tipo de] geração é fundamental para o bom desempenho nas atividades relacionadas às análises de empreendimentos eólicos desenvolvidas pela holding, seja pelo aspecto comercial ou de engenharia [dentre outros]”.

 

Izabella Lourenço, engenheira de produção de Furnas, tem a mesma opinião e comenta: “Furnas tem geração predominantemente hidráulica e está começando a entrar no mercado de eólica. Os profissionais envolvidos precisam ter, pelo menos, um conhecimento básico sobre o assunto. O curso vem preencher esta lacuna”.

 

Além da possibilidade de troca de experiências, a organização, o material didático e o conhecimento dos instrutores foram pontos destacados pelo também engenheiro de Furnas Wady Neto, que acrescenta que “a integração das equipes de diferentes empresas e a disseminação de práticas de maneira uniforme para todo o grupo” foram bastante positivas.

 

A ementa do curso abrangeu desde a descrição de atividades relacionadas à prospecção, tratamento de dados e procedimentos de medição, até a avaliação econômica, otimização e cálculo de produção energética de usinas eólicas, incluindo a apresentação dos principais programas computacionais comerciais disponíveis no mercado.

 

“Apesar de o material didático não variar significativamente, em todas as edições são feitas atualizações e acréscimos - sugeridos pelos participantes da edição anterior ou fruto de novas experiências adquiridas pela equipe”, ressalta a pesquisadora Vanessa Guedes.

 

O Curso Básico de Energia Eólica já teve oito edições: Petrobras – 2007; Eletronorte e MME – 2010 (Brasília); Eletrosul - 2010 (Santa Catarina); Furnas – 2011 (Rio de Janeiro - duas edições), 2012 (Rio de Janeiro), 2014 (teleconferência para Goiânia); MME, Aneel e Eletronorte - 2013 (Brasília).