• VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENVIAR
  • A+ A-
Coral do Cepel conquista mais uma vez o público do Música no Museu

Notícias

Coral do Cepel conquista mais uma vez o público do Música no Museu

03-07-2018

Sensibilidade, força e criatividade marcaram a apresentação do Coral do Cepel, no último dia 14, na Biblioteca da Maison de France. O espetáculo integra o Projeto Música no Museu, que, em junho, privilegiou a voz em seus concertos gratuitos, brindando os espectadores com clássicos nacionais e europeus, óperas e música coral.


Um público empolgado prestigiou os coralistas do Cepel. O pesquisador José Eduardo da Rocha Alves Junior, que retomou há pouco tempo suas atividades no Coral do Cepel, comenta a respeito: “Eu sempre gostei de música e participei do Coral do Cepel por cerca de 6 anos. Há quatro anos precisei me ausentar devido a compromissos particulares. Mas sempre pensei em voltar. Há três meses decidi retornar, e o Coral me recebeu de braços abertos. Comecei a ensaiar, e a apresentação no Maison de France foi a primeira após minha volta. Confesso que foi emocionante e recompensador. Não só em termos musicais, mas principalmente em termos humanos. ”


Regidos por Crismarie Hackenberg, os coralistas interpretaram arranjos especiais de Dona (Sá & Guarabira), Bola de Meia, Bola de Gude (Milton Nascimento e Fernando Brant), Ainda Bem (Marisa Monte e Arnaldo Antunes), Simples Desejo (Daniel Carlomagno e Jair Oliveira), Frevo Mulher (Zé Ramalho), Clube da Esquina (Milton Nascimento) e Fé Cega, Faca Amolada (Milton Nascimento), além de três medleys.
O primeiro medley mesclou as canções Som da Pessoa (Gilberto Gil), Clarear (Tavynho Bonfá /Mariozinho Rocha), Close to you (The Carpenters), Caçador de Mim (Sergio Magrão e Luiz Carlos Sá) e Something (George Harrison). O segundo misturou Um Amor, Um Lugar (Herbert Vianna), O Segundo Sol (Nando Reis) e Cegos do Castelo (Titãs). O terceiro pot-pourri justapôs Sutilmente (Samuel Rosa e Nando Reis), A Estrada (Cidade Negra) e Vou Deixar (Skank).


O Coral do Cepel tem um importante papel de representação e difusão institucional do Centro nas diversas oportunidades em que se apresenta externamente. No Projeto Música no Museu tem atuado desde 2014, com oito apresentações até o momento, mostrando que Ciência e Cultura podem caminhar lado a lado.