• VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENVIAR
  • A+ A-
Cepel inaugura Laboratório de Ultra-Alta Tensão Externo

Notícias

Cepel inaugura Laboratório de Ultra-Alta Tensão Externo

06-12-2017

 

 

O Centro de Pesquisas de Energia Elétrica (Cepel) inaugurou ontem, 7 de dezembro, o Laboratório de Ultra-Alta Tensão Externo (Lab-UAT), em sua unidade Adrianópolis, Nova Iguaçu. O laboratório é voltado à realização de pesquisas experimentais, desenvolvimentos e ensaios em linhas de transmissão e em equipamentos a elas associados, em ultra-alta tensão, até 1.200 kV em Corrente Alternada (CA) e ±1.000 kV em Corrente Contínua (CC).

 

São classificados como Ultra-Alta Tensão (UAT) os níveis de tensão iguais ou superiores a 800 kV para sistemas em Corrente Contínua (CC) e superiores a 800 kV para sistemas em Corrente Alternada (CA).

 

Pioneiro no Hemisfério Sul e nas Américas, o Lab-UAT Externo cumprirá uma missão de extrema relevância. Os estudos nele realizados trarão contribuições para o aprimoramento do sistema de transmissão no Brasil. Em especial às linhas de transmissão usadas na condução de grandes blocos de energia, como as utilizadas para ligar as hidrelétricas da região Amazônica às demais regiões do país, bem como nas interligações com os países vizinhos.

 

O Lab-UAT Externo é um laboratório a céu aberto, que ocupa cerca de 41.000 m². A área destinada às montagens de arranjos de ensaios elétricos é constituída por três pórticos metálicos com largura útil de 70 m, altura útil de 70 m e espaçados em 110 m entre si, o que permite a montagem de arranjos trifásicos ou bipolares de linhas de transmissão com dois vãos, perfazendo um comprimento total de 220 m. Complementam as instalações do laboratório, ampla casa de controle, estação meteorológica e galpão para armazenagem de equipamentos de grande porte.

 

Para implantar a nova unidade, o Cepel contou com o apoio da Eletrobras; do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), por meio da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep); e do Ministério de Minas e Energia (MME), no âmbito do Projeto de Assistência Técnica dos Setores de Energia e Mineral (Projeto Meta), do Banco Mundial.

 

Leia aqui, em breve, a cobertura completa da cerimônia de inauguração.