• VOLTAR
  • Imprimir
  • ENVIAR
  • A+ A-
Presidente da Eletrobras destaca relevância dos sistemas de gestão de ativos do Cepel no evento SAP NOW Utilities

Detalhes: Notícias

Presidente da Eletrobras destaca relevância dos sistemas de gestão de ativos do Cepel no evento SAP NOW Utilities

07-12-2020

Os desafios do sistema elétrico nos próximos anos foi um dos temas abordados pelo presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Junior, no evento online SAP NOW Utilities, exibido no último dia 03. Para o executivo, além da universalização de energia e da tarifa baixa, a confiabilidade do sistema é algo a ser garantido à sociedade. E, neste contexto, o presidente considera estratégicos os sistemas de gestão de ativos, de diagnóstico da condição e de gestão da manutenção desenvolvidos pelo Cepel, amplamente apoiados em inteligência artificial, e passíveis de serem usados de forma integrada ao SAP IU (Instância Única), implantado pela Eletrobras, suas empresas e pelo Centro.

 

De acordo com Ferreira Junior, sistemas inteligentes, como os do Cepel, possibilitam uma gestão inteligente, e, portanto, são vetores de transformação digital. E isto está alinhado com o futuro que, segundo o executivo, será renovável, sustentável, solidário e digital.

 

Em formato de mesa redonda e com foco no mercado de utilities (água e energia), o evento contou também com a participação de Carlos Eduardo Castro, CEO da Copasa, e de Adriana Aroulho, CEO do SAP. A mediação ficou a cargo da jornalista Patrícia Maldonado.

 

Soluções tecnológicas do Cepel na área de gestão de ativos

 

O desenvolvimento de sistemas de monitoramento e diagnóstico da condição de ativos, tanto para a geração, quanto para a transmissão de energia elétrica, mostrou-se, ao longo de quase 50 anos, uma das vocações do Cepel.

 

Um destas soluções é o SOMA, sistema Web que aplica tecnologias de Indústria 4.0 no monitoramento e diagnóstico de equipamentos. O SOMA implementa uma rede de Internet das Coisas Industrial na aquisição de dados, usa digital twins na simulação dos ativos monitorados em tempo real, e inteligência artificial, no diagnóstico e no prognóstico da condição dos equipamentos. A solução constitui a espinha dorsal dos sistemas de monitoramento do Cepel, a exemplo do TurboDiag, Diaterm, Ima-DP, Scan e Smarte. Além do suporte ao monitoramento online de ativos, o SOMA possui a arquitetura necessária para a criação de dashboards e portais web para diversas aplicações, como o BD-Motor, sistema de eficiência energética desenvolvido pelo Centro.

 

Já o Diane é um sistema de gestão da manutenção capaz de compilar informações de monitoramento de todos os ativos de uma empresa e integrar várias metodologias de diagnóstico preditivo, produzindo indicadores uniformes. A partir dos dados de ensaios realizados no campo, o sistema ordena todos os ativos de uma empresa em função de um grau de risco, orientando gestores de manutenção quanto à criticidade de cada um. O Diane é responsável por uma ampla economia nas empresas Eletrobras, sendo um produto pioneiro na interconexão ao SAP.

 

Outras duas importantes soluções do Cepel na área são o Conweib e o AnSE. A partir do histórico de falhas, o Conweib é capaz de calcular a probabilidade de falha de um equipamento. Com base nos resultados do Conweib, associados à topologia do sistema, que pode ser aquisitada em tempo real do SAGE, sistema de gerenciamento de energia elétrica também desenvolvido pelo Cepel, ou de outro sistema de SCADA, o AnSE calcula a probabilidade de falha de uma determinada função de transmissão.

 

Para mais informações sobre os produtos tecnológicos do Cepel, acesse www.cepel.br .