• VOLTAR
  • Imprimir
  • ENVIAR
  • A+ A-
Estudantes do Ciaga/Marinha do Brasil realizam visita técnica ao Cepel

Detalhe: Notícias

Estudantes do Ciaga/Marinha do Brasil realizam visita técnica ao Cepel

28-05-2019

No decorrer de maio, cerca de 60 alunos do Curso de Oficial de Máquinas do Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (Ciaga), da Marinha do Brasil, realizaram visita técnica às Unidades Fundão e Adrianópolis do Cepel, quando conheceram, na prática, itens de sua grade curricular. Depois de formados, os estudantes vão atuar na supervisão e manutenção de máquinas, embarcados em navios da frota mercante.  Acompanharam a visita pesquisadores e técnicos do Cepel e os professores do Ciaga Dario Martins Mendonça, Jarbas Bernardo da Silva, Paulo Roberto Batista Pinto e Leonardo Lyra Durães.

 

Como assinala o professor Leonardo, os estudantes do Ciaga, em especial do Curso de Máquinas, precisam saber operar e manter equipamentos de baixa e alta tensão, pois  estas atividades farão parte do seu dia a dia de trabalho como mercantes. “A visita a Adrianópolis,  o maior laboratório de equipamentos elétricos de alta tensão da América Latina,  foi uma rica experiência que lhes permitiu o contato com equipamentos de dimensões únicas”, destaca.

 

De acordo com Leonardo, alinhar teoria e prática constitui um diferencial  na formação profissional dos estudantes. “Nesse sentido, o trabalho de instituições como o Cepel, além da reconhecida contribuição em pesquisa e desenvolvimento de tecnologias, de âmbito mundial, ainda auxilia na integração entre sala de aula e ambiente de trabalho, o chão de fábrica, contribuindo com conhecimento e experiência para os alunos em formação”.

 

O professor Paulo Roberto ressalta que, na Marinha Mercante atual, são utilizados sistemas elétricos de alta potência, da ordem de MVA, que trabalham com correntes de kA e tensões de kV em  corrente alternada ou corrente contínua . Segundo ele, esses sistemas possuem paridade com os das concessionárias terrestres nacionais, que utilizam o Cepel na pesquisa e desenvolvimento de soluções para suas demandas operacionais.

 

“A Marinha Mercante é a primeira indústria verdadeiramente transnacional e possui enormes demandas por novas tecnologias que possam baratear seus custos, aumentar sua segurança e salvaguardar o meio ambiente [...] Por meio dos TCCs (Trabalhos de Conclusão do Curso), os alunos despertam para essas novas possibilidades, que, em parceria com um grande centro de pesquisas como o Cepel, podem gerar, no futuro, novas soluções para os problemas nacionais e internacionais”, finaliza o professor Paulo.

 

Foram visitados, na Unidade Adrianópolis do Cepel, os laboratórios de Ultra-Alta Tensão,  Alta Tensão, Alta Corrente, Alta Potência , Referência em Medição de Alta Tensão e Laboratório de Ensaio de Eficiência em Máquinas Elétricas e em Transformadores. Na Unidade Fundão, os estudantes conheceram os laboratórios de Iluminação, Supercondutividade, Medição de Energia e o Laboratório Avançado de Supervisão e Controle.