• VOLTAR
  • Imprimir
  • ENVIAR
  • A+ A-
Empresas compartilham experiências no uso do SAGE em reunião promovida pela Eletrobras e pelo Cepel

Detalhes: Notícias

Empresas compartilham experiências no uso do SAGE em reunião promovida pela Eletrobras e pelo Cepel

11-05-2020

Nos dias 22 e 24 de abril, o Cepel realizou, por videoconferência, a 2ª reunião do GT-SAGE, com participação das Associadas Fundadoras do Centro Chesf, Eletronorte, Furnas e CGT Eletrosul, usuárias do sistema em seus centros de operação e subestações. O encontro visou não só abordar a utilização do SAGE, mas, também, compartilhar experiências positivas e inovações, bem como tratar de necessidades identificadas pelas empresas a serem objeto de desenvolvimento por parte do Cepel.


Como assinala o pesquisador Ayru Leal de Oliveira Filho, chefe do Departamento de Automação de Sistemas do Cepel, o GT foi criado no início de 2020, por iniciativa da Eletrobras e do Centro, com o objetivo de renovar o contato mais próximo com as empresas usuárias do SAGE, mantê-las informadas sobre novos desenvolvimentos e ouvir suas demandas com foco na evolução da plataforma. Também no escopo de atividades do grupo está a retomada do Grupo de Usuários do SAGE, fórum mais amplo, envolvendo todos os usuários do sistema.


A reunião, aberta por Ayru e Fernanda Rodrigues dos Santos e Marcio Henrique Alves Wanderley, ambos da Eletrobras, contou com um total de cerca de 50 participantes. No dia 22, Ladário Morais Casado foi o responsável pela apresentação da Chesf. Já a exposição da Eletronorte ficou a cargo de Cláudio Cabral e Willams Vidal Sampaio. No dia 24, João Silvério Dourado Pereira e Paulo Roberto Assumpção de Souza fizeram a apresentação de Furnas e Pablo Humeres Flores, a da CGT Eletrosul. Todas as apresentações contaram também com a contribuição de outros colegas das empresas, enriquecendo as exposições e contribuindo para um debate proveitoso.


O pesquisador do Cepel Marcelo Rosado, membro da equipe desenvolvedora do SAGE, coordenou o evento e comenta a respeito. “A reunião foi muito proveitosa, porque possibilitou que todos conhecessem as experiências no uso do sistema SAGE de cada uma das empresas, permitindo, assim, ótima troca de informações. Além disso, proporcionou a indicação das necessidades de cada empresa a serem consideradas para possível desenvolvimento futuro no sistema SAGE”.


Dentre as experiências positivas desenvolvidas sobre o SAGE apresentadas pelas empresas, a Chesf mencionou a geração automatizada de telas sinóticas para alarmes, regulação, religamento e automatismos, a Eletronorte comentou sobre o uso do SAGE Replay e cálculo de indicadores via base de dados histórica. Já a Eletrosul apresentou critérios e procedimentos para melhorar o tratamento de alarmes a partir da identificação do nível de prioridade, e Furnas, o “SAGE Mobile”, que permite a visualização do sistema de supervisão e controle através de dispositivos móveis para proporcionar maior liberdade (mobilidade) dos operadores na subestação.

Diversos temas e funcionalidades de interesse foram enumerados pelas empresas. De acordo com Marcelo, o Cepel irá avaliar as solicitações e sugestões reportadas visando dimensionar o nível de complexidade de cada uma, para que possam ser discutidas com mais detalhe em uma próxima reunião, buscando identificar aquelas que atendam melhor ao grupo e elencar suas prioridades.