• VOLTAR
  • Imprimir
  • ENVIAR
  • A+ A-
Supercondutividade

Apresentação

A linha de pesquisa “Supercondutividade” tem como objetivo a pesquisa e o desenvolvimento de aplicações de supercondutores no setor elétrico, visando à transferência de conhecimento e de tecnologia para as empresas Eletrobras, a indústria e o setor elétrico nacionais.

Trata-se de uma linha de pesquisa multidisciplinar, sendo uma das poucas, no Brasil, a desenvolver estudos em supercondutividade aplicada ao setor elétrico.

Conta com o apoio dos Laboratórios de Cerâmicos Avançados, de Propriedades Elétricas e Magnéticas, de Análises Químicas, de Metalografia, de Difração de Raios-X, de Propriedades Mecânicas e do LABDIG, localizados na Unidade Fundão, além do Laboratório de Alta Corrente, situado na Unidade Adrianópolis.

Atualmente, a linha de pesquisa “Supercondutividade” engloba as seguintes sublinhas:

·                Pesquisa, Desenvolvimento e Ensaios de Limitadores de Corrente de Curto-Circuito

·                Modelagem e Simulação de Limitadores de Corrente Supercondutores

·                P&D de Motores e Geradores Supercondutores

·                Caracterização de Materiais e Componentes Supercondutores

Limitadores de corrente supercondutores representam uma solução promissora para o crescente aumento dos níveis de corrente de curto-circuito. A sublinha “Pesquisa, Desenvolvimento e Ensaios de Limitadores de Corrente de Curto-Circuito” estuda o desenvolvimento de protótipos e o comportamento destes dispositivos, assim como metodologias de ensaios de limitadores de corrente supercondutores.

A sublinha "Modelagem e Simulação de Limitadores de Corrente Supercondutores" possibilita um maior entendimento do funcionamento dos dispositivos e da sua atuação na rede elétrica através de estudos de caso.

A sublinha “P&D de Motores e Geradores Supercondutores” investiga máquinas rotativas mais compactas, leves e eficientes com o uso desta tecnologia. Vale destacar o desenvolvimento de geradores eólicos supercondutores em diversos países, visando alcançar potências da ordem de 10 MW ou mais por unidade.

Já a sublinha "Caracterização de Materiais e Componentes Supercondutores" se dedica a caracterizar supercondutores de alta temperatura crítica, investigando suas propriedades e seu comportamento.

O Cepel já apoiou a Eletrobras em um estudo prospectivo sobre a implementação no Brasil de cabos supercondutores para transmissão. Este estudo foi realizado em conjunto com a Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA).

São parceiros do Cepel no desenvolvimento da linha de pesquisa "Supercondutividade":

·      Laboratório de Aplicações de Supercondutores (LASUP) do Programa de Engenharia Elétrica da COPPE/UFRJ

·      Núcleo de Inovação Tecnológica em Engenharia Elétrica (NITEE) da UFF          

 

Contato

Entre em contato com a área responsável através do e-mail:


 lca@cepel.br