• VOLTAR
  • Imprimir
  • ENVIAR
  • A+ A-
Análise Financeira de Projetos e Comercialização de Energia

Apresentação

A linha de pesquisa "Análise Financeira de Projetos e Comercialização de Energia " visa ao desenvolvimento de metodologias e programas computacionais voltados para:
 
(i) Avaliação Econômico-Financeira de Projetos de Geração e Transmissão de Energia Elétrica - O principal produto desta linha de pesquisa é o modelo computacional ANAFIN, o qual utiliza a metodologia do fluxo de caixa descontado para determinar alguns dos principais indicadores de viabilidade do projeto, como o seu VPL, TIR, Preço de Equilíbrio, entre outros. O modelo permite que análises de sensibilidade acerca dos parâmetros mais impactantes para o projeto sejam feitas automaticamente, além de análises de risco que apoiam a decisão de investimento determinando indicadores probabilísticos sobre a viabilidade do projeto, tais como a probabilidade de não remuneração do investimento, VaR e CVaR da distribuição de VPLs.
 
O modelo ANAFIN é capaz de avaliar os principais tipos de empreendimentos de transmissão e geração, incluindo usinas hidroelétricas, termoelétricas, eólicas e solares fotovoltaicas. O modelo é desenvolvido à luz da legislação vigente no setor elétrico brasileiro, mas é flexível o suficiente para avaliar projetos desenvolvidos fora deste ambiente regulatório. Nas análises de risco, as principais fontes de risco próprio de cada empreendimento são consideradas. Por exemplo, nas análises de empreendimentos hidroelétricos, a incerteza sobre as afluências ao reservatório (risco hidrológico) é devidamente considerada, assim como a intermitência da velocidade do vento no caso das usinas eólicas, entre outros. Estas fontes de incerteza afetam diretamente a geração do empreendimento, o que pode levá-lo à exposições contratuais ao longo do tempo.
 
(ii) Otimização de Carteiras de Comercialização de Energia Elétrica – O principal produto desta linha de pesquisa é o desenvolvimento do modelo computacional ECOMERC, que adota técnicas de otimização e de estatística para auxiliar na definição de uma estratégia de comercialização de energia que maximiza o retorno esperado levando em conta um limite de risco que o investidor está apto a aceitar. No modelo ECOMERC o retorno esperado é dado pelo valor esperado da distribuição dos valores presentes das remunerações líquidas, e o risco é medido pelo CVaR a um dado nível de confiança desta distribuição. A estratégia de comercialização está associada à alocação da energia em contratos de curto e de longo prazo e também no mercado à vista. As incertezas quanto à energia gerada pelos empreendimentos, assim como à associada ao preço de liquidação das diferenças, são levadas em conta pelo modelo.
Contato

Entre em contato com a área responsável através do e-mail:


 dea@cepel.br

Programas Computacionais