• VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENVIAR
  • A+ A-
Medição de Transitórios

Apresentação

 Considerando o crescente interesse em avaliar a interação entre sistema de energia elétrica e equipamentos de alta tensão, algumas concessionárias do setor elétrico brasileiro têm solicitado ao Cepel medições e avaliações quanto a solicitações impostas aos seus equipamentos, principalmente em transformadores, autotransformadores e reatores. Esta situação começou a ganhar relevância em casos em que há necessidade de identificar os motivos de falhas de equipamentos.

 

A fim de identificar a que tipo de solicitação elétrica um equipamento está submetido, ele é instrumentado, e tensões transitórias decorrentes de manobras na subestação são aquisitadas durante alguns meses.  Em alguns casos, o equipamento é, previamente, caracterizado no domínio da frequência (SFRA - sweep frequency response analysis) para se obterem as amplitudes e frequências de ressonância e antirressonâncias naturais.

 

Os valores das tensões transitórias são armazenados num hardware específico e disponibilizados via intranet para as análises necessárias. Eventos decorrentes de descargas atmosféricas não são considerados.

 

Baseando-se nas aquisições das tensões transitórias que atingem o equipamento, os sinais são analisados, e suas frequências principais são identificadas através da utilização de uma rotina FFT (Fast Fourier Transform).

 

A partir da identificação das frequências naturais de oscilação do equipamento e do espectro de frequências de tensões transitórias capazes de alcançar o equipamento sob análise, é possível inferir se há alguma interação entre o equipamento e tensões transitórias geradas por manobras na subestação ou no sistema.

 

Com base nas informações de frequências e amplitudes dos sinais aquisitados, são realizadas as seguintes avaliações: efeito das manobras nas frequências naturais de oscilação do equipamento, e avaliação do risco envolvido nas manobras medidas por meio do fator de severidade no domínio da frequência (FSDF).

Contato

Entre em contato com a área responsável através do e-mail:


 dle@cepel.br