• VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENVIAR
  • A+ A-
Energia Eólica

Apresentação

O principal objetivo desta linha de pesquisa é o domínio do conhecimento de todos os aspectos relacionados à produção de energia elétrica a partir da energia eólica.
 
Os pesquisadores envolvidos nesta linha de pesquisa realizam estudos para identificar as regiões que apresentam melhores potenciais para implantação de usinas eólicas, visando a auxiliar o abastecimento elétrico do país. Isto inclui prospecção local, medição e avaliação de dados para geração de energia elétrica, bem como o dimensionamento das usinas (localização dos aerogeradores etc.).
 
 
A equipe, com capacitação nacional e internacional, também dá suporte técnico-científico para análise de projetos eólicos das empresas do Sistema Eletrobras, além de elaborar cursos técnicos sobre energia eólica para atender às necessidades das referidas empresas e do Ministério de Minas e Energia. As atividades da linha de pesquisa contam com o suporte do Centro de Referência para as Energia Solar e Eólica Sérgio de Salvo Brito (Cresesb), localizado na Unidade Fundão.Atividades de pesquisa nas áreas de aerodinâmica (simulação numérica de escoamentos para cálculo de produção energética) e conexão à rede também são realizadas com a participação de bolsistas de mestrado e doutorado.
 
  
Dentre as principais realizações desta linha de pesquisa pode-se mencionar a elaboração do Atlas do Potencial Eólico Brasileiro, elaborado em 2001, para a altura de 50 metros (correspondente à altura das torres dos aerogeradores comercialmente disponíveis na época, com potências de 500 a 600 kW); e a elaboração, com o apoio do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) do Novo Atlas do Potencial Eólico Brasileiro, que será disponibilizado até fevereiro de 2017 e apresenta a velocidade e a direção dos ventos para as alturas de 50, 80, 100, 120, 150 e 200 metros (as torres dos aerogeradores disponíveis comercialmente nos dias de hoje já alcançam alturas superiores a 100 metros).
Contato

Entre em contato com a área responsável através do e-mail:


 crese@cepel.br